A vagina em um pedestal. E numa cela tambem!

Na camiseta: "Eu tenho a 'buceta' então eu faço as regras". Um tanto feminista!

A norte-americana Jennifer LaPenta, de 19 anos, foi presa por desacato em Round Lake Park, no estado de Illinois (EUA), depois que a juíza Helen Rozenberg considerou ofensiva a camiseta usada pela jovem durante um julgamento, segundo o jornal “Chicago Sun-Times”.

Jennifer, que tinha ido ao tribunal acompanhar o julgamento de um amigo, passou um dia na cadeia, porque estava usando uma camiseta que trazia a seguinte mensagem: “Eu tenho vagina. Então, eu faço as regras”.

A juíza perguntou para a jovem se ela achava que sua camisa era adequada. Jennifer argumentou que seria inapropriada se ela estivesse participando do julgamento. A jovem deixou a cadeia do condado de Lake na terça-feira e criticou a decisão da magistrada.

Segundo ela, a Justiça deveria prender pessoas que estão infringindo a lei, e não por causa de uma camiseta. Jennifer contou que foi até o tribunal usando a peça polêmica, porque um amigo que participaria da audiência lhe pediu uma carona.

King Size do Rio de Janeiro

 

De acordo com as palavras de Alexandre dos Santos Lima, o King Size, o  “Senhor das Terras do Rio de Janeiro”, nem tudo é oque parece!

Bom, pra quem não sabe, os King Size são os reis maiores que exitem no planeta.

Primeiro, assista ao vídeo responsável por explicar ao mundo “quem” e “oquê” é o King Size do Rio de Janeiro:

 

Bom, deu pra ver que o cara é completamente sem noção e ele começa a falar dessa coisa de King Size do nada! Dá a impressão de que ele ta com isso na cabeça há tempos e vem criando uma história toda por trás!

Diz coisas totalmente sem sentido e parece que ser “King Size” no popular, agora, é dizer coisas completamente sem nexo seguidas de coisas totalmente sem sentido ou que talvez até não existam.

Bom, já que ser King Size é tudo isso que eu já disse, com vocês a FAMÍLIA King Size:

Mulher do King Size (Queen Size?):

 

 

Irmão do King Size:

 

 

Irmã do King Size:

 

 

 

Como se não bastasse os milhares de views que o vídeo do King Size teve, 4 cariocas tiveram a brilhante idéia de ir atrás do homem. Pelo que vimos no vídeo ja dava pra imaginar que ele não batia muito bem ou talvez fosse um sarrista. Acompanhe a BUSCA pelo King Size:

 

 

Bom, como vocês puderam ver, a mulher chamada de “A Fonte” disse onde o homem mora e alertou: “Ele ficou maluco”, “Ele fica gritando na janela”. Que mulher em sã conciência adentraria o apartamento de um homem perturbado, no 9º andar? Pois é. Foi irresponsável mas foi feito. Confiram no vídeo:

 

 

Bom, Alexandre dos Santos Lima, o King Size do Rio de Janeiro tem lá seus problemas mas parece não fazer mal a ninguém. Aquelas pinturas têm a assinatura dele mas foram feitas mesmo pelo King Size do Rio de Janeiro? A resposta é: Sim! Alexandre é um ótimo artista Urbano e pinta nas ruas de Niterói! Confiram seu trabalho:

 

 

 

Gostou? Comente. Tenho a impressão de que ninguém lê meus posts! 🙂

Comeu merda? A planta comeu!

Imaginava-se que a ‘Nepenthes rajah’ ingeria musaranhos e ratos.
A espécie nativa de Bornéu, na Indonésia, atrai os bichos para servir como privada.

Cai um mito - Botânicos demoraram um século e meio para perceber que a planta carnívora não come mamíferos. O cardápio é outro (crédito: Eric in SF - flickr) Clique na foto para ampliar

A maior planta carnívora da Terra não foi desenhada para almoçar pequenos animais e sim para comer suas fezes. A descoberta um tanto desconcertante ocorre 150 anos depois da descoberta pelos botânicos da espécie Nepenthes rajah, nativa da região montanhosa de Bornéu, na Indonésia.

Um lugar para aliviar suas necessidades - Musaranhos, como o da foto acima, eram vistos como vítimas preferenciais da temida planta carnívora 'Nepenthes rajah'. Na verdade, eles vão lá para fazer cocô (ainda por cima sob efeito de um néctar agradável, cortesia da planta) (Foto: Mehgan Murphy, Smithsonian’s National Zoo) Clique na foto para ampliar

Em forma de jarro, a planta tem uma embocadura do tamanho exato do corpo de musaranhos-da-árvore (Tupaia glis). Mas a entrada não tem diâmetro suficiente para engolir os bichos, eis a verdade. O mesmo vale para ratos.

Diante das limitações de design, a N. rajah contenta-se em usar um néctar agradável para atrair os musaranhos. Aí sim: a “privada” natural tem a abertura perfeita para coletar os dejetos do mamífero.

Detalhes da descoberta, noticiada pelo site BBC Earth News, foram publicados no periódico científico “New Phytologist”.

Além de cocô, a dieta da N. rajah é rica em formigas e aranhas, que fornecem nitrogênio e fósforo para seu organismo. Seu reservatório (o local onde ficaria a água da privada, mal comparando) chega a comportar 2 litros de um fluido que dissolve vítimas e dejetos em geral.

FONTE: http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL1533098-5603,00-PLANTA+CARNIVORA+NA+VERDADE+SO+COME+FEZES+DE+PEQUENOS+MAMIFEROS.html

Tamanho nao e documento – Sexo entre cachorros


Bom, que tamanho não é documento, todos já sabem! Mas nem todo mundo concorda que os melhores perfumes estão nos menores frascos e… sem mais filosofar, assistam o vídeo e vejam que cãozinho mais comedor e ninja é esse!

Agradeço ao amigo Siedler Pompiani por indicar o vídeo!

Stephany capota Cross Fox

No meu Cross Fox, eu vou sair, vou capotar, me divertir!

IRONIA?

A cantora Stefhany, 18 anos, teria sofrido um acidente de carro na madrugada deste sábado em uma rodovia estadual que liga São José do Piauí a Inhuma-PI, onde a adolescente reside. Segundo informações não confirmadas pelo plantão de polícia de Inhuma, Stefhany teria capotado três vezes o seu Cross Fox, que recebeu de presente da Volkswagen no programa Caldeirão do Huck, da TV Globo.

No carro, além da cantora, estava sua mãe, Nety França, e um mais uma pessoa. Segundo testemunhas, os três tiveram ferimentos leves.

A MÚSICA

Uma versão de uma música americana, uma cantora piauiense de brega/forró, uma dança clonada de outra artista americana, uma câmera na mão e o nome de um carro no meio para causar frisson na internet. Começou com os fóruns, depois invadiu os blogs e até o Twitter foi contagiado por Stephany. Ela é linda! Ela é absoluta! Ela anda de Crossfox! Ou, pelo menos é o que ela acha…!

Não tenho a menor idéia de como esse vídeo surgiu e estourou no mundo virtual, acho que coisas medonhas como essas se espalham que nem vírus. A versão “Eu sou Stephany”, é da música americana “A Thousand Miles”, de Vanessa Carlton.

A dança clonada é de Beyoncé em “Single Ladies”, o Crossfox é da Volkswagen e a letra da música é da própria Stephany e de Nety França.

O bafafá todo começou porque vários sites e blogs de publicidade divulgaram o vídeo como um viral produzido pela Volkswagen, que logo desmentiu o caso. Logo depois, apareceram outros vídeos da tal cantora e fãs pipocaram por todos os lados, comprovando que a música realmente existe.

O vídeo é extremamente ruim. Se quiser dar risada:

A música original:

Pedidos Bizarros

No mês passado, americano pediu para os filhos morderem policiais.
Já médico queria que ex-mulher devolvesse o rim que ele doou para ela.

Veja a lista de 8 pedidos bizarros:

No mês passado, o norte-americano Joshua Alger, de 28 anos, foi preso em Colorado Springs, no estado do Colorado (EUA), acusado de pedir para seus filhos morderem os policiais que estavam tentando prendê-lo após ele ser flagrado bêbado em um restaurante.

No mês passado, o norte-americano Joshua Alger, de 28 anos, foi preso em Colorado Springs, no estado do Colorado (EUA), acusado de pedir para seus filhos morderem os policiais que estavam tentando prendê-lo após ele ser flagrado bêbado em um restaurante.

Em fevereiro, o também norte-americano Francis Coleman, de 40 anos, foi detido depois que ligou para a TV "WFMZ" e convidou a emissora para filmar um roubo a banco que ele cometeria na cidade de Bethlehem, no estado da Pensilvânia.

Em fevereiro, o também norte-americano Francis Coleman, de 40 anos, foi detido depois que ligou para a TV "WFMZ" e convidou a emissora para filmar um roubo a banco que ele cometeria na cidade de Bethlehem, no estado da Pensilvânia.

Richard Batista

Em janeiro de 2009, o médico Richard Batista, que mantinha uma prolongada disputa de separação com Dawell Batista, queria que a ex-mulher devolvesse o rim que ele doou para ela ou pagasse uma indenização de US$ 1,5 milhão.

Michael Kruse

O americano Michael Kruse foi preso em junho do ano passado Saint Augustine, na Flórida, por ter ligado para o serviço de emergência da polícia para pedir uma escolta até Miami, pois ele queria ver o rapper Lil Wayne.

Henry Carseres

No ano passado, o mexicano Henry Carseres, de 27 anos, foi preso em Vero Beach, na Flórida, depois de arrombar uma casa e pedir para a proprietária um copo de água.

Santo Gambino

Em outubro de 2009, o operário italiano Santo Gambino, que havia sido liberado para cumprir prisão domiciliar, pediu para voltar para a cadeia depois de brigar com a mulher.

Joshua Basso

O americano Joshua Basso foi preso em novembro em Tampa, na Flórida, após ligar para a emergência da polícia e perguntar para operadora se ela faria sexo com ele.

Craig Fletcher

Em julho de 2009, a polícia de Rahway (EUA) prendeu Craig Fletcher depois que ele voltou à casa de uma vítima, tocou a campainha e pediu desculpas por ter invadido sua residência.

Page 2 of 2«12

Imperdivel!