Pulseiras do sexo e seus significados pela cor

De tempos em tempos, uma nova manobra das sociedades secretas de pervertidos anônimos ao redor do planeta coloca em risco a pureza das crianças de todo o mundo com os mais abomináveis apelos sexuais transmitidos nas escolas através de códigos de conduta inocentes, como utilizar acessórios aparentemente inofensivos.

Desta vez, a moda começou na Inglaterra, onde as meninas usam pulseiras coloridas para que os meninos, se conseguirem arrebentar uma delas, recebam alguma “recompensa” de acordo com a cor. Veja o significado de cada uma das cores:

  • Amarela – um simples abraço
  • Rosa – mostrar o peito
  • Laranja – dentadinha de amor
  • Roxa – beijo com a língua – talvez sexo
  • Vermelha – dança erótica à curta distância
  • Verde – sexo oral a ser praticado pelo rapaz
  • Branca – a menina escolhe o que quiser
  • Azul – menina faz sexo oral (“boquete”)
  • Preta – sexo com a menina na posição “papai-mamãe”
  • Dourada – sexo oral simultâneo (“meia-nove”)
  • Listrada – sexo na posição “frango assado”
  • Grená – sexo anal sem lubrificante
  • Transparente – sexo com parentes consanguíneos
  • Marrom – sexo escatológico (“brown shower”)

Vendas
Quem não gostou dos alertas sobre o jogo Snap foram os ambulantes que vendem os adornos nas proximidades das escolas. Desde que começou a circular o e-mail com a reportagem do “The Sun”, as vendas tiveram uma acentuada queda.

“Antes eu vendia de 150 a 200 conjuntos de pulseiras por dia, mas agora não vendo mais do que 20”, disse o ambulante José da Silva Fontes, de 36 anos, que trabalha perto de uma escola na Vila Mariana, Zona Sul da capital paulista.

Não usar é ser careta
Como quase em tudo nessa idade, quem não as usar é excluído e quem usar as cores preto e dourado é mais respeitado.

“No meu grupo da escola, a líder – que serve de exemplo para todos – só usa pulseiras pretas e douradas. Todos os rapazes da minha turma usam pretas e se uma garota também usa, todos eles gostam dela”, conta a criança de 12 anos.

Shannel Johnson, de 32 anos, descobriu através da filha, de oito, o significado das pulseiras e admitiu ao The Sun que nunca suspeitaria que um código desse pudesse existir. Quando a filha Harleigh lhe disse que se alguma arrebentasse, tinha de fazer um “bebe com um rapaz”, Shannel teve uma conversa com a filha, chamando-a de volta à realidade.

Esta mãe, preocupada, começou a pesquisar na Internet e descobriu sites onde se vendiam as pulseiras, grupos no Facebook e fóruns de menores a discutir quem usava que cores. Enquanto alguns pais já confiscaram as pulseiras, muitos continuam na ignorância do significado destes acessórios aparentemente da moda.

Moda passageira
Para o educador Sedrez, o jogo Snap, se chegar ao Brasil, será rápido “como fogo de palha”. “A sensação é que há maleabilidade, franqueza aqui. O gingado que o brasileiro tem na questão dos relacionamentos é muito mais solto em comparação aos britânicos.”

Para ele, o jogo pode ser aceito em uma cultura rígida, mas não ganha força em um país em que a sexualidade é tratada com mais naturalidade. “O jogo não se enquadra na nossa cultura. É estranho ao nosso país”, concluiu.


Como os pais devem proceder:

Todos já fomos adolescentes e sabemos que o PROIBIDO É MAIS GOSTOSO entao, por isso, eu recomendo que voce tenha uma conversa aberta com seus filhos e parentes, tratando-os como adultos.

Uma conversa transparente com alertas sobre a importancia do assuntos e os riscos com certeza surtirao mais efeitos do que uma proibicao que, na cabeca da garotada,  pode ser algo a mais para enfrentar o mundo que, aparentemente sempre, CONSPIRA CONTRA OS ADOLESCENTES, SUAS VONTADES E NECESSIDADES.

Novo método de transmitir HIV

“Novo método de transmitir HIV”. Esse era o título do e-mail que tive o desprazer de ler nesta nevada terca-feira, aqui na Alemanha.

Confiram o conteúdo.

Algumas semanas atrás, num teatro, uma pessoa sentiu algo cutucando sem seu assento.

Quando se levantou viu que era uma agulha onde ressaltava uma pequena nota: “Você acaba de ser infectado com HIV ‘.

O Centro de Controle de Doenças (em Paris) já havia informado Igualmente sobre muitos casos semelhantes ocorridos em muitas outras cidades.

Todos os testes destas agulhas dram Positivos em HIV.
O Centro também relatou que foram Achadas outras agulhas em caixas 24 horas e outras máquinas bancárias públicas.
Nós pedimos para todo mundo usar de precaução extrema quando Enfrentar este tipo de situação.

Todos os assentos públicos Devem ser inspecionados com uma maior vigilância e devemos estar acautelados antes de usa-los.

Recomenda-se uma boa e cuidadosa inspeção visual.

Além disso, é importante que cada um de nós passe esta mensagem para todos os nossos familiares, amigos e conhecidos sobre este perigo potencial.
Recentemente, um doutor narrou um exemplo um pouco semelhante que aconteceu com um dos seus pacientes no Cinema de Priya em Delhi.

Uma menina jovem, comprometida e prestes a se casar em poucos meses, foi picada enquanto via um filme no cinema ..

Na etiqueta que vinha com uma agulha estava uma mensagem escrita: ‘Bem-vindo ao Mundo da Família HIV’.

Os doutores ainda falaram para a família que levaria aproximadamente 6 meses antes do vírus se Tornar forte o bastante para ir Danificando o sistema imunológico, e que ela teria ainda uma vida saudável e poderia sobreviver aproximadamente 5-6 anos ou até mais.

Mesmo assim, a menina morreu em 4 meses, talvez mais por causa do ‘pensamento e do choque’.

Portanto, todos nós temos devemos ter bastante cuidado dos lugares públicos, e pedir de resto, que Deus nos ajude!

Por enquanto, pense em salvar uma vida remetendo esta mensagem a todos que lhe são queridos.

(Por favor, leve alguns segundos do seu tempo para poder ajudar a quem quer que seja.)

Pois é. Agora fique à vontade para trocar TEATRO por CINEMA. E, se voltar um pouco no tempo, lembre-se do recipiente de devolucao de fichas, dos antigos orelhoes (telefone público).

Amigos, nao passem esse tipo de porcaria a diante. O Vírus do HIV morre em contato com o oxigenio. Ele nao sobrevive até que outra pessoa chegue, sabe-se lá quanto tempo depois, e se sente na agulha supostamente infectada.

Essa mensagem pode ter vindo de uma brincadeira sem graça e, tal pessoa foi fazer o exame e descobriu que era portadora do virus. Coencidência, apenas. Antes de encaminhar um conteúdo, verifique a veracidade do mesmo.

Imperdivel!